Relatório Lugano

Mais um livro dentro da infinidade de estudos/críticas sociais. Esse aqui foi escrito por Susan George e, como o título já diz, é um relatório fictício de um grupo de estudos fictício com “dicas” e orientações para um grupo de detentores de poder fictício de como manter o capitalismo imperando nos próximos séculos.

 

Honestamente, achei boa parte do livro bem chata e muitos dos argumentos fracos e mal sustentados. No entanto, acho que a grande contribuição que ele trouxe à discussão é: “Todas as pessoas tem direito à vida? É possível sustentar o mundo inteiro com crescimento desordenado? Precisamos gerenciar a natalidade ou mortalidade para não termos superpopulação? ”

Discussão dura e, até o momento, um grande tabu.