O Fantasma de Canterville e Outros Contos

Primeiro material que leio do Oscar Wilde. O livro é uma compilação de 8 contos que variam de 10 à 20 páginas. Logicamente, achei alguns mais legais e outros não tão interessantes assim. Neste post, só vou comentar dois deles que me marcaram mais.

1) O AMIGO DEVOTADO

É, resumidamente, a história de uma amizade absurdamente desigual na qual um dos “amigos” explora e abusa do outro até levá-lo literalmente à morte. Este “amigo” realiza uma grande quantidade de atrocidades e, ainda por cima, acha que está sendo a melhor pessoa do mundo. Disso, reflito em 3 pontos:

a) O quanto uma amizade deve ser realmente desinteressada? O amigo que era abusado nesse conto aceita tudo, pois ele realmente gosta do outro e não quer absolutamente nada em troca. Acabou morrendo, por não dar limites. Talvez deva existir desinteresse, mas também uma boa margem de auto-proteção em alguns casos.

b) O quanto não queremos roubar e seremos nossos amigos? São pessoas que gostamos, admiramos e, de algum modo, nos completam. No conto, essa relação é representada em um extremo quase escravocrata, mas, na vida real, acho que o princípio é o mesmo. Existe, assim como entre irmãos, uma tensão de um querer ser o outro em algum sentido, quase que simbiótico.

c) Penso muito sobre uma certa abordagem estóica, quase sangue de barata, em relação à alguns abusos e problemas que vivemos. Será que é isso mesmo? Ou temos que ser porradeiros, Godfather e engolir a vida com todo estômago que conseguirmos ter?

 

2) O FANTASMA DE CANTERVILLE

Esse conto é a crítica mais bem humorada, escrachada e, ao mesmo tempo, atual da “american way of life”. Uma família rica americana compra um antigo castelo mal assombrado que é residência conhecida de um famoso fantasma. Apesar disso, o ceticismo, secularização e grosseria cultural dos americanos acaba por magoar o fantasma que não consegue assustá-los e é sempre surpreendido com alguma oferta de um produto revolucionário que ele deveria utilizar. Livro bom é assim: rápido, ríspido e que vai direto na ferida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s