A Felicidade Paradoxal

Incrível livro base para qualquer um que queria se aprofundar um pouco mais no tema “Antropologia do Consumo”. O Autor, Gilles Lipovetsky, demonstra através de uma imensa quantidade de dados, pesquisas e referências como as mudanças tecnológicas, sociais e culturais dos últimos dois séculos colocaram o consumo como uma das atividades centrais da sociedade moderna ou até mesmo pós-moderna.

No entanto, ele não se deixa levar pelas visões preconceituosas e simplistas no estilo consumo-alienador ou consumo-fuga. Muito pelo contrário ele “cai dentro” de muitas visões erradas sobre o significado desse novo momento do hiperconsumo da experiência abrindo espaço para várias discussões importantes sobre as grandes tendências da sociedade e as consequências dos tempos modernos no nosso modo de viver e conviver.

Alías, essa é a grande questões debatida no livro: Estamos sendo mais felizes pelo aumento do bem estar material? Sem o intuito de dar uma resposta definitiva, a leitura desse livro, no mínimo, vai te levar para um novo patamar de compreensão.

Altamente recomendado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s